• Elofy

Por dentro da metodologia OKR

Atualizado: Jul 27



Realidade entre as gigantes do Vale do Silício, a adoção de técnicas de gestão destinadas a melhorar o desempenho de colaboradores já faz parte do dia a dia das empresas que desejam criar uma cultura de alta performance. Os OKRs (Objectives and Key-Results) vieram com o propósito de melhorar a excelência operacional através de um modelo de gestão de metas que auxilia organizações a gerenciar pessoas de uma forma mais transparente e flexível.


Introduzida por Andy Grove, da Intel, essa metodologia cria resultados e traz impactos positivos no desenvolvimento coletivo e individual a partir da medição de objetivos e metas mensuráveis. Direcionados a um foco em comum, os Objectives and Key-Results atendem aos principais problemas de gestão à medida que alinham esforços, comunicam objetivos e criam mais engajamento entre times.


Por ser considerada uma forma de unificar e orientar equipes, os OKRs promovem a visibilidade dos objetivos centrais e estabelecem indicadores (resultados-chave) para mensurar o progresso das metas, permitindo uma comunicação mais precisa.


O termo OKR divide-se em três componentes fundamentalmente: o objetivo, que configura aquilo que você deseja alcançar, os key-results, que irão medir seu progresso em direção ao objetivo e as iniciativas, que definem o que precisa ser feito para que se atinja o OKR.


Objetivos

"O que desejo alcançar?". São os resultados que a empresa deseja atingir definidos por um período pré-estabelecido. Os objetivos devem ser qualitativos, inspiradores, ambiciosos e alinhados ao contexto da empresa.


Critérios relevantes para a definição dos Objetivos:


Simplicidade: Inspiradores e fáceis de entender.


Prazo de conclusão: Possuem prazo para sua conclusão, que dependerá da abrangência do objetivo.


Verbos de estímulo: Linguagem que promove a motivação e o engajamento, transmitindo de forma clara a intenção do objetivo a ser alcançado. (Verbos: conquistar, promover, lançar, aumentar, criar, aperfeiçoar e desenvolver)


Desafiadores: Ambiciosos, que promovam táticas e estratégias diferentes para seu atingimento.


Key-Results

Resultados-Chave; "Estou atingindo o meu objetivo?". Maneira pela qual a empresa mede o progresso em direção aos objetivos. Os resultados-chave devem ser mensuráveis, quantitativos, limitados em quantidade e possuir um limite de tempo.


Critérios relevantes para a definição de Key-Results:


Medidor de progresso: Quantitativos, desafiadores e mensuráveis.


Prazo de conclusão: Possuem prazo de conclusão e necessitam ser relevantes para o progresso do objetivo como um todo.


Limitados: O número ideal de resultados-chave por objetivo varia entre 3 e 5, no máximo.


Foco: O foco deve estar no objetivo central, não nos meios de alcançá-lo.


Iniciativas

"O que farei para atingir o meu objetivo?". Iniciativas são apostas que definem como você deve agir (projetos, atividades ou atitudes) para alcançar os seus OKRs.


Critérios relevantes para a definição das Iniciativas:


Importância: Possibilidade de visualizar o que será feito para atingir os OKRs.


Esforço Múltiplo: Devem possuir pelo menos um responsável para orientar os colaboradores em direção ao sucesso do OKR.


Definição: As iniciativas devem ser definidas em reuniões de check-in semanalmente, sendo importante revisar tanto o progresso das atividades quanto dos OKRs.



Exemplo de OKR


Objetivo

Lançar com sucesso o Produto X em âmbito nacional.


Key-Results

KR 1: atingir 5.000 usuários na primeira semana

KR 2: atingir o rating de 4.5 na app store

KR 3: atingir 60% de retenção D+1


Iniciativas

1.1: fazer 10 postagens no Instagram comunicando o lançamento do produto

1.2: treinar 5 pessoas na Central de Atendimento

1.3: enviar 3 notificações (push) para cada usuário cadastrado


Benefícios dos OKRs


  • Transparência e visibilidade dos objetivos e metas de níveis organizacionais

  • Agilidade na entrega de resultados

  • Engajamento através da participação do atingimento de metas

  • Agilidade na comunicação entre times e equipes

  • Foco para os objetivos prioritários da empresa em determinado período de tempo

  • Eficácia para a tomada de decisões

  • Horizontalidade dos departamentos

  • Auxílio no processo de avaliação individual de performance

  • Linguagem simples e contextualizada


Devido a transparência gerada pelos Objectives and Key-Results, é possível acompanhar o desenvolvimento de todos dentro da empresa, criando uma gestão mais ágil e equipes mais engajadas. Dessa forma, pode-se dizer que a metodologia OKR é a abordagem ideal para as empresas que desejam estabelecer uma cultura estruturada e voltada para o alcance de metas.

Por Gabriela Kern Donamore

Marketing Analyst, ELOFY