• Elofy

O que é PDI - Plano de Desenvolvimento Individual?

Atualizado: Jul 27


Com a aceleração no mundo corporativo, um dos desafios enfrentados pelas empresas que investem em educação é o desenvolvimento de medidas específicas para administrar esta transformação. O aprendizado organizacional é o processo de adquirir conhecimento e utilizar informações para adaptar-se com sucesso a diferentes cenários.


É neste ponto que o Plano de Desenvolvimento Individual age como um importante diferencial competitivo, alavancando o desenvolvimento profissional alinhado às necessidades estratégicas da empresa.



O que é um PDI e como ele funciona?

Na sua essência, o PDI é um resumo da sua carreira atual e dos seus objetivos futuros. Ele se caracteriza por ser um instrumento de planejamento que ajuda a descrever e identificar conhecimentos, habilidades e atitudes, servindo como uma espécie de guia para alcançar uma carreira profissional de sucesso.

O Plano de Desenvolvimento Individual alinha os interesses do profissional aos da empresa, sendo uma ferramenta muito utilizada para auxiliar no desenvolvimento de colaboradores.



Como estruturar um PDI eficaz?

Vale lembrar que montar um Plano de Desenvolvimento Individual envolve preparação e muito feedback. É um processo que deve ser encarado como uma parceria entre funcionário e gestor, sempre harmonizando as necessidades do profissional às necessidades estratégicas da empresa.


1. Identifique seus objetivos profissionais


O primeiro passo para construir um PDI é determinar o que você busca com ele, onde você está e aonde que chegar. Busque identificar quais são as necessidades da sua empresa e, impreterivelmente, lembre-se de destacar o que você realmente gosta de fazer e está disposto a alcançar.

  • Quais oportunidades me interessam na função que exerço?

  • O que me motiva no trabalho?

  • Onde me vejo no futuro?


2. Se conheça


Nesta etapa, é preciso reconhecer as suas competências, ou seja, as áreas que você tem habilidade e desenvolve com maestria. Realize um mapeamento detalhado, visando identificar suas principais forças e fraquezas.

  • Quais são meus pontos fortes?

Competências, habilidades, conhecimentos e capacitações

  • Quais são meus pontos fracos?

Fraquezas, pontos de melhoria e limitações que prejudicam o desempenho



3. Crie um plano de ação


A chave para um bom PDI é estabelecer objetivos e estratégias que sejam tangíveis e realistas. Não poupe detalhes e seja o mais específico possível - liste datas, custos e cronogramas - para ajudá-lo a visualizar de forma clara o que precisa ser feito, assim como identificar um mentor para auxiliá-lo neste processo.



Quais são as vantagens de montar um PDI?


Útil para jovens profissionais, bem como para executivos experientes, o Plano de Desenvolvimento Individual oferece a capacidade de analisar objetivamente sua carreira atual e planejar seu futuro, agregando:


  • Autoconhecimento: visualização clara de competências e de que forma utilizá-las para se desenvolver melhor


  • Melhores resultados: assertividade e foco em direção aos objetivos, por meio de um plano bem estruturado que capacita profissionais para atender necessidades imediatas, além de assumir desafios e responsabilidades futuras


  • Performance pessoal e desenvolvimento de carreira: motivação para realizar um trabalho de qualidade, a partir da consciência do próprio potencial


  • Vantagem competitiva na atração e retenção de talentos: alinhamento estratégico entre as expectativas da empresa e do profissional


A partir dos benefícios do PDI, o profissional também acaba por favorecer a organização na qual está inserido, contando com um colaborador mais voltado para o seu progresso e desenvolvimento.



Por Gabriela Kern Donamore

Marketing Analyst, ELOFY