• Elofy

A importância do Feedback contínuo: tudo que você precisa saber

Atualizado: Jul 23



A troca de feedback é uma prática natural no dia a dia das pessoas, porém, em ambientes profissionais ela é muitas vezes subestimada. Neste artigo nós te explicaremos o porquê do feedback contínuo ser uma necessidade dentro de uma empresa de alta performance e mostraremos como fazer isso da maneira correta.


Não importa se estamos falando de uma empresa grande, média ou pequena, uma coisa é fato: a rotina dos colaboradores é cheia, as demandas são grandes e o tempo é algo precioso.


Por conta disso, algumas empresas podem deixar de lado algumas práticas importantes para a cultura do trabalho. Uma dessas práticas é o feedback contínuo, que acaba ocupando uma parte da agenda mensal.


Porém, da mesma forma que checkins, reuniões para definição de metas e acompanhamentos de projetos são necessários, a troca de feedbacks também é necessária e também faz parte do processo de crescimento de uma empresa.


O que é feedback contínuo e qual a importância dele em uma empresa?

O significado da palavra “feedback” já nos ajuda a entender um pouco sobre a prática. “Feed” (alimentar) “back” (de volta) é, metaforicamente, realimentar. Retribuir. Dar uma resposta de volta. Retroinformar.

Mesmo sendo de origem inglesa, feedback é uma palavra bem conhecida no Brasil, principalmente em organizações e no mundo corporativo. É geralmente usado para avaliar o colaborador e para comentar sobre suas tarefas realizadas.

No entanto, isso pode e deve ser melhor explorado. Em empresas que utilizam o feedback contínuo, isso pode acontecer de uma maneira um pouco diferente e com uma maior variedade.

Existem diversos tipos de feedbacks, por exemplo. Feedback construtivo, feedback de elogios, feedback de incentivo, feedback de avaliação e outros. Assim possuindo várias finalidades.

Com isso, as equipes conseguem se conectar melhor entre si e se sentirem mais livres para se expressarem. Isso não só torna o ambiente de trabalho mais amigável, como também mais focado.

Enquanto feedbacks construtivos e de avaliação conseguem guiar o profissional para obter melhores resultados, os feedbacks de elogio e de incentivo fazem com que ele se motive para continuar e dar seu melhor.

Existe uma finalidade principal que é igual para todos os tipos: construir um time de alta performance e profissionais super qualificados. A troca de feedbacks é o que impulsiona esse resultado.

Então, em resumo, o feedback contínuo serve para alinhar líderes e liderados, para escutar diferentes pontos de vista e para melhorar performances. E ele não depende de hierarquias, todos podem (e devem) dar e receber feedbacks.

Como dar um feedback?

Assim como existem diversos tipos de feedback, também existem diversas formas de fazer isso errado. Então vamos para as principais dicas para um bom feedback:

  • Respeito é primordial, independente do contexto, saiba sempre se manter calmo e respeitoso;

  • Se prepare antes, saiba exatamente que pontos você precisa falar, para na hora não esquecer ou se perder;

  • Baseie-se em fatos, não em achismos;

  • Não faça disso um momento robótico, seja autêntico e não tão formal (dependendo do caso);

  • Seja claro e objetivo;

  • Garanta que a pessoa está entendendo tudo o que está sendo dito;

  • Caso seja um feedback construtivo, dê dicas, ajude a pessoa dizendo por onde ela pode começar sua mudança, por exemplo.

Como receber um feedback?

Da mesma forma que é necessário saber dar um feedback, é preciso saber receber. O feedback é uma via de mão dupla e ambos os lados precisam estar alinhados e abertos. Por isso, aqui algumas dicas:

  • Assumir boas intenções, entender que aquele feedback é pensando no seu bem;

  • Estar aberto a ouvir, não escutar na defensiva;

  • Entender que mesmo que você não concorde, é um comentário válido;

  • Não levar exageradamente para o pessoal, o feedback pode não ter nada a ver com você enquanto pessoa, mas sim apenas com fatores externos;

  • Sempre manter o respeito;

  • Perguntar detalhes, ao invés de assumir coisas com base nas entrelinhas.


Quando o processo de feedback deve acontecer?

Como você já deve imaginar: ele deve ser contínuo. Para ser potencializado e melhor aproveitado, ele deve acontecer com certa frequência. Mas isso não precisa ser algo programado ou super estruturado.

A intenção é que o feedback não seja um evento de fim de ano, mas sim uma atividade natural, que acontece diversas vezes, sem causar grandes ansiedades a ninguém. É uma prática que pode acontecer em qualquer momento.

Exemplos:

Um colaborador está se dedicando muito mais do que os outros, levando muito a sério suas tarefas e conseguindo ótimos resultados.

Não deixe de exaltar isso. Mostre que percebeu sua dedicação e elogie. Isso fará com que ele se sinta valorizado, notado e incentivado a continuar.

Um colaborador é bom no que faz, mas você sente que ele é muito inseguro e às vezes acaba se diminuindo.

Chame ele em uma conversa informal, quebre o gelo e aproveite para dizer quais trabalhos dele você gostou. Recapitule os resultados legais que ele teve e ajude a elevar sua autoestima dizendo que ele tem talento e que você quer ver mais disso.

Um colaborador que era muito produtivo, agora parece estar desmotivado e tem contribuído pouco.

Converse amigavelmente, pergunte sobre o que tem acontecido, se é algo dentro do trabalho ou fora, se você pode ajudar em alguma coisa. Ofereça apoio. Dê dicas do que ele pode fazer e enalteça trabalhos passados dele que você gostava de ver.

Um colaborador anda muito desatento e cometendo vários erros seguidos em alguma área específica.

Não comece direto falando sobre isso, vá com calma, porque algumas pessoas não lidam tão bem com críticas. Comece pelo lado bom, fale pontos positivos do trabalho que ele tem feito. Depois, cite esses pontos e pergunte se existe um motivo específico para esses erros. Caso realmente tenha sido falta de atenção, peça para que tome mais cuidado, dê alguma sugestão do que fazer. Deixe claro que não é algo grave, mas que você está dando um toque para ajudá-lo a melhorar.

Um colaborador passa a ter novas responsabilidades dentro da empresa.

Demonstre felicidade pelo crescimento dele na empresa, parabenize esses primeiros passos e diga que ele está avançando, aos poucos, por mérito próprio. Diga que essas responsabilidades só estão mudando graças ao amadurecimento e à evolução que ele está tendo. Demonstre seu apoio e se mostre disponível nesse início de nova trajetória.

Um colaborador dá uma ideia interessante que vai contribuir bastante.

Ações simples como essa também merecem reconhecimento. Como dito antes, não é preciso um grande evento para um feedback. Não esqueça de exaltar esses pequenos momentos também. Agradeça e elogie por sua contribuição.

Benefícios do feedback contínuo

  • Motivar e incentivar os funcionários

  • Criar conexões mais fortes entre a equipe

  • Melhorar a performance dos times

  • Amadurecimento profissional

  • Correção de erros mais rápida e sem estresse

  • Resultados melhores

  • Ambiente de trabalho mais acolhedor e agradável

Como adotar a cultura do feedback em uma empresa?

Se você ainda não tem esse costume dentro da sua empresa, tudo bem, nunca é tarde para começar. Por ser uma prática simples, não é algo difícil de ser implementado, basta dar o primeiro passo.

Comece com calma, faça isso primeiro se tornar uma prática natural para você. Aproveite pequenas oportunidades para elogiar, incentivar e dar apoio. Utilize comunicações mais amigáveis na hora de dar feedbacks “negativos” (construtivos).

Aos poucos, sua equipe irá perceber a nova forma de comunicação que você está desenvolvendo. Faça com que os líderes da empresa também adotem a medida com seus times. Dessa forma, em pouco tempo isso já será um costume entre todos.

Uma outra forma de implementar é utilizar as 1-1s para falar sobre esse novo jeito de dar feedbacks. Deixar claro que não só nessas 1-1s a pessoa poderá se sentir livre para falar algo.

Caso você não conheça a prática das conversas 1-1s, aqui um guia completo.



Gostou do artigo? Conseguimos te ajudar? Deixe seu comentário! 💙


Comece agora sua jornada na Elofy




A Elofy se compromete a te ajudar na gestão do desenvolvimento da sua empresa. Com um software fácil, intuitivo e amigável, nós te oferecemos automatização de OKRs, 1-1s, features para avaliações de desempenho, feedbacks, pesquisas e muito mais, tudo dentro de uma mesma plataforma.


Por Thaisa Valdez

Posts recentes

Ver tudo