• Elofy

Como criar uma Pesquisa de Desligamento?

Atualizado: há 5 dias

Aprenda como e por que você deve criar Entrevistas de Desligamento na sua empresa. Baixe ainda nosso template!

1. Por que realizar uma Pesquisa de Desligamento?

Realizado em 91% das 500 empresas da Fortune, a pesquisa de desligamento:

  • Gera insights para melhorias no ambiente de trabalho e na Gestão de Pessoas

  • É essencial para que a pessoa que está saindo mantenha uma imagem positiva da empresa, se sentindo ouvida nesse momento muitas vezes difícil

  • Evita problemas legais com relação à saída do colaborador, criando um espaço para esclarecer e alinhar esse processo

Ela lhe permite encontrar estratégias para redução da taxa de turnover, retenção da cultura da empresa e para se fazer contratações futuras mais assertivas.

2. Como conduzir uma Pesquisa de Desligamento?

O mais importante é ter empatia com a pessoa que está saindo.

Principalmente em casos de desligamento involuntário, essa pode ser uma conversa difícil, e é essencial que as emoções trazidas pela pessoa sejam respeitadas.

Além disso, tenha em mente que nem tudo que for falado pelo colaborador deve ser entendido literalmente.

Sentimentos como raiva, ressentimento, vergonha e tristeza podem enviesar as respostas e você deve se mostrar um ouvinte atencioso e acolhedor, ainda que cuidadoso em validar o que lhe for trazido com outras conversas dentro da empresa.


Também tome cuidado para não tomar uma postura defensiva com relação à empresa. Se críticas surgirem, escute elas com atenção e mantenha uma postura aberta.


É importante não fazer a pesquisa assim que a pessoa é informada do desligamento.

Idealmente, essa pessoa deve ser avisada, e, em um outro dia previamente agendado, a conversa deve acontecer. Dessa forma, o colaborador tem tempo de assimilar o que aconteceu e o que está sentindo.


O mais recomendado, ainda, é que a pesquisa seja feita em uma conversa presencial, por vídeo ou por telefone.

Assim a pessoa se sente ouvida, e é possível extrair muito mais insights do que em um simples formulário.


3. Como estruturar uma Pesquisa de Desligamento?

Ter clareza das informações que queremos extrair da conversa é essencial.

Leigh Branham pesquisou milhares de entrevistas de desligamento para escrever seu livro “As 7 razões secretas por que os colaboradores saem da sua empresa”.


Essas são elas:

1. Quebra de expectativa com o local de trabalho ou o cargo

2. Perfil do colaborador não encaixa com o cargo

3. Falta de coaching ou feedback

4. Poucas oportunidades de crescimento

5. Pouco reconhecimento

6. Estresse, desequilíbrio entre vida pessoal e profissional

7. Perda de confiança nos líderes seniores


Atente a esses pontos ao estruturar a pesquisa, pois são alguns dos principais desafios no desenvolvimento do seu capital humano.


A Pesquisa pode ser conduzida de maneira estruturada, com um roteiro de perguntas bem definido, ou de maneira mais livre, permitindo que a conversa flua, mas mantendo em mente as informações que você está buscando.

Também é interessante combinar perguntas qualitativas/abertas e quantitativas/fechadas.


4. Tendo dito isso, vamos às perguntas...

A seguir, veja as perguntas recomendadas pela Elofy!

Claro, não deixe de adaptá-las à realidade da sua empresa. 😉


1. Ambiente de Trabalho

A infraestrutura da empresa foi apropriada para você realizar o seu trabalho?

Você e seus colegas tinham um bom relacionamento?

2. Liderança

Você tinha um bom relacionamento com seu líder?

3. Atividades Executadas

Você se sentia preparado para o cargo?

Suas atividades estavam de acordo com o esperado para o cargo?

4. Treinamento e Desenvolvimento

Quais treinamentos ou outros meios de desenvolvimento você acha que deveríamos oferecer?

5. Remuneração e Benefícios

Quais benefícios você sente que poderiam ser incluídos?

Com relação ao mercado, qual sua impressão de nossa política salarial?

6. Gestão da Empresa

Quais melhorias em processos você poderia propor?

7. Fechamento

Se você fosse dono da empresa, quais mudanças faria?

O que você diria que desenvolveu no seu tempo aqui?

>> Baixe um template com essas perguntas:

Template de Entrevista de Desligamento
.p
Download P • 8.43MB

5. Sobre o fechamento

Essas duas últimas perguntas são muito importantes para que o colaborador mantenha uma imagem positiva da sua empresa.


Ao ter espaço para propor mudanças, ele se sente escutado e ainda consegue separar a marca dos problemas de gestão que o incomodam e possivelmente levaram ao seu desligamento.

Se, nesse momento, surgirem problemas de gestão que podem de fato ser resolvidos, responda que esse ponto receberá a devida atenção.💪


Já ao falar de desenvolvimento, é possível terminar a entrevista em uma nota positiva, fazendo com que o colaborador enxergue o que ele está levando de bom para suas próximas experiências.👍


That’s All, Folks!

Espero que esse texto lhe ajude a aplicar melhores entrevistas de desligamento, que são boas tanto para a saúde emocional do colaborador, quanto para a saúde do negócio!


Se você precisar de mais ajuda, não posso deixar de recomendar a Elofy, software de Gestão de Desempenho e Engajamento pensado para o #RHdasNovasGerações.


Dentro da plataforma, você pode realizar pesquisas de desligamento e obter analytics automatizados de todas as respostas, calculando inclusive métricas valiosas como a taxa de turnover e a taxa de permanência por times.


Já é cliente Elofy?

E quer implementar essa funcionalidade?

Então não deixe de ver nossos artigos do Help Center que te explicam o passo a passo como criar sua Pesquisa de Desligamento.



por Augusto Nardin

29 visualizações0 comentário