• Elofy

A arte de receber feedback



Saber receber um feedback exige, entre outras coisas, que você desenvolva sua growth mindset, que nada mais é que uma atitude positiva, a mentalidade de crescimento em tradução para o português. Uma mentalidade de crescimento reconhece que você pode aprender com os desafios e, através das experiências, aumentar seu intelecto e suas habilidades.

Infelizmente, o que mais se vê por aí é o oposto, um mindset onde as pessoas acreditam que sua inteligência e habilidades são inatas, características que não se pode mudar. Para este último, dá-se o nome de fixed mindset, a mentalidade fixa, tendo como base a atitude negativa.



Mentalidade Fixa x Mentalidade de Crescimento

Fixed mindset x Growth mindset



Pessoas com mentalidade fixa:

  • Atitude negativa

  • Evitam desafios

  • Desistem quando precisam enfrentar obstáculos

  • Vêem o esforço como algo inútil

  • Ignoram feedbacks negativos

  • Sentem-se ameaçadas pelo sucesso alheio


Pessoas com mentalidade de crescimento:

  • Atitude positiva

  • Aprendem com os desafios

  • Persistem frente aos obstáculos

  • Vêem o esforço como caminho para o domínio

  • Buscam melhorar e aprender com feedbacks negativos

  • Sentem-se inspiradas por pessoas bem sucedidas


Talvez o primeiro passo para cultivar uma mentalidade de crescimento seja entender que, quando alguém lhe oferece um feedback, isso realmente significa que ainda acreditam em você e em sua capacidade de crescer e se desenvolver.


Boas práticas para receber feedback


Preencha uma rotina de feedback regular e faça disso parte do seu trabalho, sendo capaz de ver nele uma oportunidade para apoiar seu crescimento e desenvolvimento.


1. Assuma uma boa intenção:

Quando uma pessoa lhe dá um feedback, provavelmente não seja fácil para ela também, mas fazendo isso ela mostra que se importa com você.


2. Esteja aberto a outras perspectivas:

Receber um feedback apenas demonstra que essa pessoa acredita que você pode ser melhor.


3. Expresse gratidão:

Tente expressar uma atitude de gratidão por estarem dispostos a compartilhar isso com você.


4. Aceitar que a informação é válida:

Se outras pessoas percebem as situações de outra forma, vale a pena considerar, quer você concorde ou não.


5. Não se defenda ou responda o feedback imediatamente:

As pessoas respeitam muito mais quando você é capaz de receber o feedback que é oferecido.


6. Reconhecer que o feedback construtivo pode ser facilmente mal interpretado:

Não hesite em esclarecer e contextualizar mal entendidos.


7. Buscar esclarecimentos e contexto:

Se você acha que precisa, não tenha vergonha de fazer perguntas.


Esteja aberto e busque sempre considerar o feedback dado, mas não sinta-se culpado em descartá-lo, você não precisa agir de acordo com cada feedback que recebe. Às vezes pode haver uma razão pela qual você fez algo de uma determinada maneira e às vezes não é possível incorporar todas as grandes ideias de uma só vez.


  • Exemplo em que o receptor do feedback pediu um esclarecimento e sentiu-se grato:


Feedback: “Ontem, quando você estava entrevistando aquele candidato, eu percebi que você fez algumas perguntas longas demais e eu notei que isso o confundiu.”


Receptor: “Sério? Eu queria testá-lo um pouco, mas eu não achei muito confuso. Você pode me dar um exemplo específico?"


Feedback: “Percebi que, quando você perguntou sobre seu último projeto, você fez três perguntas ao mesmo tempo e acho que foi um pouco demais.”


Receptor: “É verdade, eu fiz isso mesmo. Obrigado pelo toque.”



Erros comuns ao receber o feedback


Cada pessoa reage de uma forma diferente, mas há alguns erros que acabam sendo mais comuns ao receber o feedback. Observe alguns deles:


  • Exemplo de receptor de feedback na defensiva:

Feedback: “Ontem, durante a apresentação, eu notei que ocorreram algumas falhas e isso nos fez parecer um pouco despreparados.”

Receptor: “Pois é, eu sei... acontece que eu não dormi muito na noite passada e você sabe que meus filhos ficaram doentes.”


  • Exemplo de receptor que levou o feedback para o lado pessoal:

Receptor: “Essa manhã, a minha chefe me deu um feedback ridículo... ela é tão crítica, está sempre botando defeito em tudo o que eu faço.”


  • Exemplo de receptor de feedback que culpou os outros:

Feedback: “No final da semana passada, quando quando você submeteu aquele código, acabou afetando a minha parte no lançamento e me fez atrasar o prazo.”

Receptor: “Sim, mas o Jorge só me enviou esse código na quinta-feira de noite, e estava cheio de erros, precisei consertar tudo.”


Talvez você tenha se reconhecido um pouco em algum destes exemplos e, tudo bem, pessoas tendem a pedir desculpas, isso é normal. O mais importante é que você encare o feedback com uma atitude positiva, aprendendo a usá-lo como uma bússola para desenvolver-se cada vez mais.




Por Gabriela Kern Donamore

Marketing Analyst, ELOFY



Referências:

https://www.udemy.com/course/feedback-is-fuel/learn/lecture/7919536#overview